Peças de inspiração militar para o guarda-roupa masculino
Peças de inspiração militar para o guarda-roupa masculino
No casamento do príncipe William e de Kate Middleton, pudemos observar a imponência de uniformes bem cortados usados pelos homens da família real O que poucos sabem é que várias roupas que usamos hoje em
dia têm referência militar. O estilo entra e sai de moda e, no próximo inverno, volta a ser tendência interessante de ser usada, sempre com o equilíbrio certo. Afinal, ninguém quer sair por aí fantasiado de soldadinho de chumbo, não é mesmo?
A influência das roupas militares na moda masculina é muito maior do que se imagina e abrange desde peças que atualmente são consideradas tradicionais, como o trench coat e jaqueta estilo aviador, até acessórios como os óculos Ray-ban.

Peças de uniformes militares que viraram clássicos

O trench coat surgiu em 1879 quando Thomas Burberry criou um casaco de gabardine, um tipo especial de tecido confortável e resistente à chuva. Seu primeiro cliente foi o exército britânico, que encomendou suas peças para os soldados que lutaram nas trincheiras (daí o nome trench) na 1ª Guerra Mundial.
O cinema colaborou muito para o sucesso entre civis deste tipo de casaco. A figura mais emblemática que usou este casaco foi o personagem Rick Blaine, interpretado por Humprey Bogart em “Casablanca”. Mas nem só em filmes antigos a peça aparece. Na triologia Matrix, o personagem Neo, interpretado por Keanu Reeves, usa um modelo preto mais longo que traz elementos do futuro e do passado, do Oriente e Ocidente.
A jaqueta aviador foi criada por Leslie Irvin que projetou, desenhou e fabricou o primeiro modelo clássico. Batizado de A1, era feito de couro, fechado com zíper, e tinha punho e cintura ajustados, para que o vento e o frio não atrapalhassem os pilotos de avião, já que naquela época, eles eram abertos. Em 1917, a Força Aérea dos EUA adotou a jaqueta que passou a ser conhecida como “bomber” (bombardeiro, em inglês). Em 1931, a marinha criou a sua própria versão de jaqueta para os pilotos locados nos porta-aviões, a G1.
No cinema não faltaram personagens memoráveis que usaram jaqueta aviador como os pilotos vividos por Tom Cruise em “Ases Indomáveis” (1986) eArnold Schwarzenegger, em “Sexto Dia” (2000). Uma curiosidade é que a jaqueta que Harrison Ford utiliza em “Indiana Jones” é uma mistura do clássico modelo A2 com uma jaqueta de James Dean.
Divulgação
O trench coat ficou eternizado no cinema por Humphrey Bogart, no filme “Casablanca” (1942)
A calça cargo tem como principal característica os vários bolsos utilitários, incluindo os laterais na altura da coxa. Elas foram usadas primeiramente em 1940 por paraquedistas, e trinta anos depois começaram a ser compradas por jovens em lojas do Exército. O sucesso do modelo entre trabalhadores da construção civil fez com que a Levi’s criasse uma versão em jeans que ganhou o nome de “calça carpinteiro”. De lá para cá, conheceu altos e baixos na moda, mas já se tornou um clássico do guarda-roupa masculino.
Os óculos aviador foram criados em 1936 pela Baush & Lomb (que possui a marca Ray-Ban) a pedido do tenente John MacCready, que teve um problema de vista por causa do sol depois de um vôo de balão. A marca desenvolveu um modelo anti-reflexo com lentes de cristal verdes que filtravam os raios infravermelhos e ultravioletas. A armação, banhada a ouro, pesava apenas150 gramas e os óculos foram rapidamente incorporados pelos pilotos americanos. O modelo se tornou popular a partir da década de 60 e virou um clássico usado até hoje.
O militarismo light para o inverno 2011

Para o inverno 2011, o militarismo está de volta, mas não de forma literal. Peças como trench coat e jaquetas do tipo aviador nunca saíram totalmente de moda, já que são considerados clássicos do guarda-roupa masculino, mas muitas marcas apostaram neles como as peças-chave da estação. Alguns detalhes de uniformes como dragonas (tira de pano abotoada sobre os ombros) foram incorporados em camisas e jaquetas para dar toque militar discreto.
Entre os acessórios, os coturnos aparecem em versões sofisticadas em couro e camurça. Os mais modernos adotaram seu uso com as barras das calças sob o cano deste tipo de calçado. Os óculos do tipo Aviador, que combinam com todo o tipo de rosto, ganham novas leituras e cores de lentes.
Além das roupas e acessórios, cores como o verde escuro e o cáqui têm o poder de conferir um ar militar a qualquer peça e são ótimas para serem usadas em quem não quer investir muito dinheiro mas quer dar uma atualizada no visual. A idéia central para aproveitar bem esta tendência é usar no máximo duas peças com características militares numa mesma produção, para não correr o risco de parecer que está fantasiado.
Uma dica bacana para quem quer economizar é aproveitar as lojas de artigos militares para comprar peças que geralmente são mais baratas do que as leituras de marcas de moda. No Brasil, não temos tantos mercados de pulga como em Londres, Paris e Berlim, onde casacos militares são encontrados a excelentes preços, mas em feiras como a da Praça Benedito Calixto, a do Bexiga e a do vão do Masp, além da região da avenida Tiradentes, perto do quartel da Polícia Militar (tudo em SP), sempre é possível encontrar algo do gênero.


Anúncios